14 de jun de 2017

A língua de santo de Santo Antonio

Santo Antônio é conhecido por não sair de sua boca nenhuma palavra má ou enganosa. Seu corpo foi enterrado, mas sua língua não deteriorou e até hoje está em exposição na cidade de Pádua, para que todos vejam o poder de Deus e o testemunho de Santo Antônio.

Na época dos reis, há muito tempo atrás, os meninos não brincavam de videogame, porque nem existia videogame naquela época, eles queriam ser cavaleiros do rei e por isso brincavam com espadas.
Muitas vezes eles acabavam se machucando de verdade e foi assim que um menino chamado Fernando ficou observando seus amigos lutarem, até que um caiu machucado no chão e Fernando decidiu: “Quando eu crescer não quero ser cavaleiro do rei, quero ser alguma coisa para ajudar as pessoas”.
Quando Fernando cresceu se tornou frei e seu nome passou a ser Antônio, como frei ele ajudou muitas pessoas necessitadas.                       

No mosteiro era mandado fazer os serviços mais simples da comunidade: serviços como limpar a casa, lavar louça, lavar banheiro... Isso tudo mesmo sendo ele super culto e estudado.
Santo Antônio realizou muitos milagres, vamos conhecer alguns?  
                      
O milagre dos peixes
Antônio foi pregar numa cidade onde as pessoas resolveram não o ouvir em hipótese alguma. Então, ele clamou aos peixes que o ouvissem e celebrassem os louvores do seu supremo Criador, já que os homens ingratos não queriam fazê-lo. Apareceram logo incontáveis peixes. Os peixes ergueram suas cabeças da água e ficaram longos tempos imóveis, a ouvi-lo. Frei Antônio, com suas lindas palavras, começou a emocionar aquela multidão e muitas pessoas naquela cidade, depois daquele momento, começaram a acreditar em Deus.                        

O prato envenenado
Alguns hereges resolveram matar Santo Antônio, envenenando-o. Deus revelou-lhe a cilada. Santo Antônio fez o sinal da Cruz sobre aquele prato e o comeu com apetite, saboreando a comida envenenada como se fosse alimento saudável, e nada sofreu, deixando mais uma vez os hereges confusos e assombrados.                       

O Menino Jesus
Certa vez, Santo Antônio precisou de alojamento em Pádua e um senhor nobre, um conde, teve a honra de o acolher em sua casa. Uma noite, vendo do lado de fora do quarto de Frei Antônio alguns raios de luz, aproximou-se e viu o Santo segurando nos braços um gracioso Menino que suavemente o acariciava.
Ficou cheio de espanto por tão extraordinária maravilha. Compreendeu que se tratava do Menino Jesus que se tornara visível ao Santo para recompensá-lo com celestes consolações pelas fadigas sofridas. Enquanto ainda observava, o Menino desapareceu. Saindo do êxtase, Frei Antônio deixou o quarto e dirigiu-se ao dono da casa, dizendo que sabia que ele o havia observado durante a aparição. Pediu então com insistência que não revelasse o que tinha visto. O senhor cumpriu a palavra, somente revelando o fato depois da morte do Santo. A história o tocara profundamente e todas as vezes que a relatava, não conseguia reter as lágrimas.                       

A mula que se ajoelhou diante do Santíssimo Sacramento
Numa de suas viagens, santo Antônio fazia uma pregação sobre o Santíssimo Sacramento. Durante sua pregação, um homem incrédulo na presença de Jesus na Eucaristia, levantou-se de seu lugar e em meio à assembleia e lançou um desafio à Santo Antônio dizendo: "Padre, eu te digo diante de todos: acreditarei na Eucaristia se a minha mula se prostrar diante da Hóstia Consagrada, ao invés de comer o feno que eu oferecer, depois de três dias de jejum. ”
Santo Antônio, após ouvir uma inspiração divina, resolve concordar com o desafio.
Passou-se três dias, e uma multidão se aglomerou na praça, muitos para participar da Santa Missa e, outros tantos para conferir o resultado do desafio do homem infiel. Enquanto Santo Antônio caminhava com o Santíssimo Sacramento e todos os católicos se colocavam de joelhos rezando. O senhor infiel chega conduzindo sua mula. Faminto, o animal estava tão violento que nem o próprio dono obedecia. Contudo, ao se aproximar do Santíssimo, a mula se acalmou, e diante de todos ali presentes, milagrosamente a mula se ajoelhou perante a Hóstia Consagrada ostentada por Santo Antônio.
O Milagre gerou gritos e admiração por todos, os católicos entoaram cânticos emocionados. Muitos hereges que ali estavam por curiosidade se converteram ao catolicismo, assim como o senhor dono da mula que reconheceu imediatamente a presença de Cristo, se ajoelhou também se convertendo ao catolicismo após ter pedido perdão por ter sido tão incrédulo.                       

Santo Antônio tinha em seu coração um amor muito grande por Jesus, por isso sua boca só falava coisas que construíam o reino de amor e de paz, o Reino de Deus!

Olha como ele falava: (usar imagem de santo Antônio feito com e.v.a ou papel cartão e ir mostrando a cor do coração da língua conforme for falando)         
                                   
    
Deus ama você! Ele lhe criou à Sua imagem e semelhança e sempre que você for se olhar no espelho você vai lembrar que você é a imagem de Deus Paizinho aqui na terra! (Colocar para fora a língua até o coração amarelo)   
                    
Cuidado para não pecar, porque o pecado nos impede de sentir o amor do Papai do Céu. (Mostrar a língua até coração preto).   
                    
Mas se você pecar, lembre-se que Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo e lava o nosso coração com Seu sangue (Mostrar língua até coração vermelho).           
            
Acredite em Jesus e mude de vida! (Mostrar língua até coração verde).                   
    
Então você vai ficar cheio do espírito, (Mostrar até o coração branco).       

E cheio de alegria você não consegue ficar calado e conta para todos que Deus os ama muito e que Jesus está preparando um lugar no Céu para nós! (Mostrar coração azul)



Um comentário:

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!